Select Page

Conselho Económico Paroquial

Natureza

O Conselho Económico Paroquial de São Nicolau e Santa Madalena é um órgão de carácter consultivo constituído por fiéis católicos, com a finalidade genérica de ajudar o pároco na administração dos bens das paróquias de tal forma que se promova a conformidade da vida e acção das paróquias com o santo Evangelho.

Mais informações

Competências e funções

Compete ao Conselho auxiliar o pároco na sua função de administrador dos bens paroquiais, nomeadamente:

Elaborar o orçamento anual de receitas e despesas; acompanhar e avaliar a execução do orçamento aprovado; preparar e verificar o exercício económico  anual das paróquias.

Aumentar, acompanhar e fidelizar os membros do Círculo de Amigos de São Nicolau e Madalena, em particular, os doadores para a côngrua, e para os fundos: “bolsas de estudo”, “exercício da caridade”, “conservação e restauro do património”.

Sensibilizar os fiéis sobre o dever de contribuir para as necessidades da Igreja e promover, planear e executar acções ou campanhas de angariação de novos apoios ou formas novas de contributo.

Dar pareceres sobre actos de administração extraordinária.

 

Composição

O Conselho será composto por um número de 3 a 7 membros providos pelo pároco, a quem pertence: convocar e presidir às reuniões; determinar os assuntos a sujeitar à apreciação do Conselho; aprovar as resoluções tomadas pelo Conselho; decidir sobre a oportunidade e a forma de tornar público os assuntos tratados no Conselho.

De entre os membros do Conselho um será o Coordenador e outro o Secretário. Compete ao Coordenador: moderar as reuniões do Conselho e executar o que lhe for cometido pelo Conselho. Compete ao Secretário: lavrar as actas das reuniões; enviar aos membros do Conselho toda a documen­tação necessária e dirigir o serviço de expediente e arquivo.

 

Provisão

Só podem pertencer ao Conselho fiéis católicos, com mais de 18 anos, que estejam em comunhão com a Igreja e gozem da idoneidade necessária; tenham capacidade de entender e valorar os assuntos económicos com espirito eclesial e pastoral; deem testemunho de fé segura e esclarecida; sejam de bons costumes e prudência comprovada por prática de vida cristã consentânea com a fé católica; tenham os conhecimentos requeridos para as funções cometidas ao Conselho.

 

Mandato

O mandato dos membros do Conselho é de três anos, podendo ser renovado indefinidamente. Findo o prazo para o qual tiverem sido providos, os membros do Conselho mantém-se em funções até à renovação do mandato ou até à sua substituição. Os membros do Conselho podem apresentar a sua renúncia, a qual se tornará efectiva após a aceitação do pároco. Em caso de ausência não justificada a duas reuniões consecutivas, o pároco decidirá da oportunidade de dar como findo o respectivo mandato.

 

Funcionamento

O Conselho reunirá ordinariamente pelo menos uma vez em cada semestre, e extraordinariamente sempre que para tal seja convocado pelo pároco ou solicitado por escrito ao pároco por quatro dos membros do Conselho.

Lisboa, Paróquia São Nicolau 2007